SBRATE

Quero me associar
Esqueci minha senha

Leses

Cai e bati a cabeça - A Concussão Cerebral

Quantas vezes você sofreu um traumatismo na cabeça que causasse tonturas e outros sintomas?

A concussão cerebral é uma lesão traumática do cérebro, que altera o estado de consciência e pode causar muitos outros sintomas. é considerada um dos tipos de traumatismo craniano e resulta em modificações neurológicas temporárias.

Muitas pessoas acreditam que não sofreram uma concussão, porque não perderam a consciência, no entanto, lesões significativas podem ocorrer, mesmo sem haver perda total da consciência. Tais alterações da consciência podem variar desde uma pequena desorientação ou confusão mental, até a amnésia e perda de consciência por vários minutos.

A suspeita de uma concussão cerebral deve ser confirmada por uma avaliação médica, o mais breve possível. A avaliação compreende a revisão de uma lista de sinais e sintomas, um exame neurológico específico, provas de orientação focadas em testes de memória de curto prazo (local onde está, data e hora), testes de memória de longo prazo (nome, data de nascimento, local de nascimento) e avaliação da capacidade do atleta de permanecer atento a tarefas complexas.

Os sintomas que podem surgir após uma concussão cerebral incluem: desorientação no tempo e espaço, desequilíbrio, dificuldade de comunicação, falta de concentração, tonturas, sonolência, fadiga, dor de cabeça, irritabilidade, dificuldades de memória, dormência ou formigamento de extremidades, sensibilidade à luz ou ruído, sonolência maior do que o habitual, dificuldade em adormecer, distúrbios visuais (visão embaçada, visão dupla, pupilas assimétricas), zumbidos no ouvido, perda de audição, perda do gosto, perda do olfato, náuseas, vômitos, convulsão e até a saída de líquido cefalorraquidiano pelo ouvido ou nariz.

As mudanças de comportamento também podem ocorrer, tais como as dificuldades no trabalho ou nos estudos, modificações nos relacionamentos, desequilíbrio emocional, ansiedade e nervosismo.

Todos os indivíduos que sofrem uma concussão, não importa a intensidade, devem ser submetidos a uma avaliação por um médico antes de retornar ao esporte.

Se deixada sem diagnóstico, uma concussão pode colocar o indivíduo em risco de desenvolver a Síndrome do Segundo Impacto, uma lesão que ocorre quando um atleta sofre uma segunda concussão, sem que a primeira tenha sido totalmente recuperada, o que pode ser potencialmente mais grave e até fatal.

A concussão pode ser associada a lesões mais graves, como uma fratura do crânio ou uma hemorragia cerebral. O diagnóstico por imagem tem importância fundamental no complemento do diagnóstico clínico, e os exames mais utilizados são: as radiografias e a tomografia computadorizada.

A recuperação de um concussão cerebral pode se prolongar por minutos, dias, meses e até ano, porém casos raros, o paciente pode nunca se recuperar.

Portanto se cair e bater a cabeça fique atento a seus sintomas e procure auxílio. Bons treinos!

Dr. Cristiano Frota de Souza Laurino
Mestre e especialista em Cirurgia do Joelho e Artroscopia pela UNIFeSP
Diretor Científico da Sociedade Brasileira de Artroscopia e Traumatologia do esporte (SBRATE)
Diretor Médico da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT)
Ortopedista do Clube de Atletismo BM&F/BOVeSPA