SBRATE

Quero me associar
Esqueci minha senha

Leses

A dor ciática

A lombalgia ou dor lombar e uma das principais causas de dor na população em geral e tambem nos praticantes de esportes. estima-se que aproximadamente 60% das pessoas terão ao menos uma crise de lombalgia durante a vida.

A faixa etária mais predominante para o aparecimento da lombalgia ocorre entre os 45 e 65 anos de idade, mas entre os esportistas as dores podem ocorrer mais precocemente, já na adolescência e nos adultos jovens.

Dor lombar e toda dor que se localiza na região inferior do dorso, mais especificamente entre a última costela e a prega glútea.

Muitas são as causas de dor lombar, sendo desde as inflamatórias, as degenerativas (osteoartrose), as secundárias a fraturas, as neoplasias (tumores), as doenças do metabolismo ósseo (osteoporose), as infecciosas, as secundárias às doenças do sistema endócrino e as causadas por problemas à distância, mas referidos na região lombar (cálculo renal, doenças vasculares). Cerca de 15% das lombalgias não apresentam causa definida.

A ciática ou tambem chamada de ciatalgia e um sintoma caracterizado por dor de intensidade variável, que tem origem na região lombar, irradiando para a raiz da coxa, predominantemente na região posterior e que ultrapassa o joelho, podendo alcançar o pe. Geralmente a dor se apresenta de um lado só, mas pode raramente aparecer em ambos os membros inferiores.

Dentre todas as formas de lombalgia, a ciática aparece em 2 a 3% dos casos e geralmente relacionada às hernias de disco lombares. A dor pode ser acompanhada de alterações da sensibilidade da pele ao longo do seu trajeto ou de deficiências motoras para realizar movimentos como caminhar e correr.

Alguns testes clínicos feitos por especialistas podem confirmar a compressão do nervo ciático e apontar as possíveis causas. exames complementares laboratoriais e os baseados em imagens como as radiografias, a tomografia computadorizada e a ressonância magnetica, podem auxiliar no complemento diagnóstico.

Diferentemente de outras dores, a ciatalgia piora com a realização de exercícios de alongamento do membro inferior, assim como piora com a manutenção das atividades esportivas. Portanto procure auxilio de um especialista para o diagnóstico correto e um tratamento adequado.

Não despreze a dor ciática, pois ela pode ser intensa e durar muito tempo, o que não será nada bom para quem deverá ficar afastado provisoriamente da corrida.

Bons treinos!

Dr. Cristiano Frota de Souza Laurin
Mestre e especialista em Cirurgia do Joelho e Artroscopia pela UNIFeSP
Diretor Científico da Sociedade Brasileira de Artroscopia e Traumatologia do esporte (SBRATE)
Diretor Medico da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT)
Ortopedista do Clube de Atletismo BM&F/BOVeSPA